Sábado, 21 de Maio de 2022
22°

Chuva

Mari - PB

Paraíba 12 de Maio

No Dia da Enfermagem, categoria dispensa aplausos e homenagens e pede que piso salarial seja sancionado: "em busca da valorização merecida"

A categoria espera que o presidente Jair Bolsonaro sancione o projeto de lei aprovado no Senado e na Câmara Federal.

12/05/2022 às 20h11
Por: Jackson Souza Fonte: Clickpb
Compartilhe:
No Dia da Enfermagem, categoria dispensa aplausos e homenagens e pede que piso salarial seja sancionado:

No Dia da Enfermagem, comemorado nesta quinta-feira (12), o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) e o Conselho Regional de Enfermagem da Paraíba (Coren-PB) lançaram vídeo em que destacam a luta pelo piso salarial nacional. A categoria espera que o presidente Jair Bolsonaro sancione o projeto de lei aprovado no Senado e na Câmara Federal.

Em publicações nas redes sociais, conforme apurou o ClickPB, o Cofen destaca: "no dia do enfermeiro, meu desejo é: aplausos, homenagens, salário digno e jornada de trabalho decente", riscando e descartando as duas primeiras opções.

"Há anos a Enfermagem vem enfrentando diversos desafios em busca da valorização merecida, como as batalhas travadas em prol do piso salarial nacional e a jornada de trabalho. A campanha "Em frente pela Enfermagem" é uma mensagem de esperança e perseverança em favor de enfermeiros, técnicos, auxiliares e parteiras, que apesar das adversidades, continuam representando o papel de protagonistas na promoção e atendimento em saúde no Brasil", descreveu o Cofen, nas redes sociais.

Muitos profissionais levantaram a hashtag #sancionapl2564 nos comentários da publicação no Instagram. O piso salarial é um anseio de muito tempo dos enfermeiros, técnicos, auxiliares e parteiras que, finalmente, ganhou um novo capítulo com a aprovação do projeto de lei no Congresso e que aguarda desfecho com o poder do Executivo de sancionar esse PL.

Confira o vídeo abaixo

 

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias