Domingo, 17 de Outubro de 2021
31°

Muitas nuvens

João Pessoa - PB

Paraíba Exclusivo

Pastora Renalida processa pastor Anderson e arrola Bruno Pereira como testemunha

Anderson acusou Renalida de “estelionato espiritual”.

05/10/2021 às 17h46
Por: Redação Fonte: Voz da Paraíba
Compartilhe:
Pastora Renalida processa pastor Anderson e arrola Bruno Pereira como testemunha

A pastora Renalida Carvalho entrou com uma queixa crime contra o pastor Anderson Silva alegando ter sido difamada e caluniada nas redes sociais e na televisão. No processo, a pastora coloca como testemunha o apresentador Bruno Pereira, que entrevistou o pastor Anderson no programa Tribuna Livre, da TV Arapuan e o vídeo repercutiu nas redes sociais. Anderson acusou Renalida de “estelionato espiritual”.

No dia 11 de setembro do ano de 2021, a pastora foi informada sobre algumas postagens nos perfis do Instagram do pastor Anderson, no qual, segundo ela, ofende diretamente sua honra. “[…] tentou, em sua primeira postagem, difamar e imputar conduta criminosa, na
tentativa vil e sorrateira de “surfar no hype” e angariar mais seguidores para suas
redes sociais causando polêmica em demasia”, diz trecho da denuncia.

Depois de causar toda a polêmica nas suas redes sociais, chamou a atenção da mídia local do Estado da Paraíba. “Através de um programa de televisão a nível Estadual, aos dias 15 de setembro de 2021, no qual fora convidado a participar ao vivo […] imputando a querelante o falso crime de estelionato, difamando-a por todo país e especialmente no Estado da Paraíba”, relata a defesa da pastora.

A pastora acusa Anderson de agir de forma dolosa e continuar ofendendo-a nas redes sociais: “Percebe-se que a conduta do ofensor deve ser configurada como crime, vale ressaltar, por oportuno, que a todo momento o Réu agiu de forma dolosa, ou seja, possuía absoluto conhecimento da extensão que suas publicações teriam, tendo em vista, que até o presente momento permanece vinculando a imagem e o nome da Autora de forma desonrosa em suas redes sociais”.

Entenda a polêmica

A pastora Renalida Carvalho, da pastoral regional da catedral IPTM, da Paraíba, tem sofrido críticas nas redes sociais, por outros pastores e na TV, por conta da suposta prática de pedir dinheiro em troca de oração e de cobrar por vagas em cultos.

A pastora divulgou uma nota recentemente, assinada pelos advogados, em que rebate as acusações alegando que “jamais se utilizou da fé e da crença religiosa do indivíduo para enganar outrem e auferir vantagem patrimonial”.

O pastor Anderson Silva é um dos que criticaram as ações de Renalida Carvalho. Após a publicação da nota da pastora, ele escreveu em uma rede social: “Segundo o entendimento de muitos magistrados no país, a pessoa comete estelionato da fé, usa o nome de Deus para campanhas e votos do PIX e quer criar narrativa judicial! Somente um juiz sem bom senso para levar essa mulher a sério”.

O caso ganhou mais repercussão após o apresentador Bruno Pereira fazer um longo desabafo contra as ações da pastora durante o programa Tribuna Livre, da TV Arapuan, afiliada da Rede TV! da Paraíba. “A gente precisa pagar dízimo para os verdadeiros homens que levam a verdadeira palavra de Cristo, mas não podemos pagar ingresso para “ouvir” a palavra de Deus!” declarou o apresentador nas redes sociais após o programa.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
João Pessoa - PB Atualizado às 12h18 - Fonte: ClimaTempo
31°
Muitas nuvens

Mín. 23° Máx. 30°

Seg 30°C 24°C
Ter 31°C 24°C
Qua 30°C 24°C
Qui 30°C 24°C
Sex 31°C 24°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias