Terça, 27 de Julho de 2021 06:46
POLICIAL CASO DJ IVIS

Paraibano DJ Ivis é preso em Fortaleza por agressões contra ex-mulher

O governador Camilo Santana confirmou a prisão do artista por meio das redes sociais.

14/07/2021 17h56
Por: Redação Fonte: G1
Paraibano DJ Ivis é preso em Fortaleza por agressões contra ex-mulher

O cantor DJ Ivis foi preso nesta quarta-feira (14) em Fortaleza após os vídeos de agressões contra a ex-mulher, Pamella Holanda, serem divulgados por ela nas redes sociais (veja acima). O governador Camilo Santana confirmou a prisão do artista por meio das redes sociais.

"Acabo de ser informado pelo nosso secretário de Segurança da prisão do DJ Ivis, no caso das agressões a Pamella Holanda. A prisão preventiva havia sido solicitada ontem pela nossa Polícia Civil e decretada há pouco pela Justiça. Que responda pelo crime cometido", publicou Camilo.

Novo exame de corpo de delito

A digital influencer Pamella Holanda, ex-mulher de DJ Ivis, vai ser submetida a um novo exame de corpo de delito para que seja definida a gravidade das lesões sofridas após as agressões do artista. No último domingo, Pamella publicou vídeos em que leva chutes, socos e puxões de cabelo durante uma briga do casal e fez BO em 3 de julho na delegacia da cidade de Eusébio, na Grande Fortaleza.

O delegado adjunto do distrito que investiga o caso, Tarso Facó, informou sobre o novo exame nesta quarta-feira (14), quando mais uma testemunha do caso foi ouvida.

Pamella saiu do primeiro depoimento, na segunda-feira (12), com a documentação necessária para que, em 30 dias, um novo exame seja realizado com relação às agressões, de acordo com Facó.

Funcionária do casal é ouvida

A série de depoimentos prestados à Polícia Civil do Ceará sobre o caso de agressão contra a arquiteta e digital influencer Pamella Holanda, ex-mulher do DJ Ivis, continuou nesta quarta-feira (14) com o depoimento de Maria Vaneide da Silva, então funcionária do casal. Ela trabalhava como doméstica na residência deles e pode ajudar na obtenção de informações sobre as violações cometidas pelo produtor musical.

Ela não foi convocada para depor, mas compareceu espontaneamente à Delegacia Metropolitana de Eusébio, na Região Metropolitana de Fortaleza.

Até esta quarta, pelo menos 10 pessoas já foram ouvidas pelas autoridades policiais que investigam o caso de lesão corporal no contexto de violência doméstica contra Pamella Holanda. O caso é acompanhado pelo Departamento de Proteção aos Grupos Vulneráveis (DPGV) da Polícia Civil.

Homem que aparece no vídeo vai à delegacia

Nesta terça-feira (13), um funcionário que aparece em um dos vídeos nos quais DJ Ivis agride Pamella Holanda prestou depoimento. No domingo (11), Ivis publicou vídeos nas redes sociais revelando que o homem é um funcionário que ele trouxe da Paraíba ao Ceará.

"Eu trouxe ele da Paraíba para cá porque eu não aguentava mais sofrer sozinho", explicou o artista. A mãe de Pamella Holanda também aparece nos vídeos, mas ainda não há confirmação se ela foi ouvida pelas autoridades policiais.

"Essa mulher [que aparece no vídeo] é a minha mãe, e ela não esboça nenhuma reação porque ela tinha medo. Eu nunca contei pra ela [sobre as agressões], ela chegou a saber presenciando."

Paraibano da cidade de Santa Rita, Iverson de Souza Araújo, conhecido como Dj Ivis, tem 29 anos de idade.

Ivis se mudou para Fortaleza para tocar em bandas locais em 2012 e foi convidado a integrar a banda Aviões do Forró e aceitou o convite. Quando a banda terminou, em 2018, continuou fazendo a produção de Xand Avião e dos artistas da produtora Vybbe.

O produtor emplacou no meio artístico após conquistar o público com a música "Esquema Preferido", que ficou no topo das paradas de streaming do Brasil. Após isso, Ivis virou um dos expoentes do gênero conhecido como pisadinha, uma vertente mais eletrônica do forró, que vinha ganhando mais espaço em todo o país.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias