Domingo, 20 de Junho de 2021
Dólar comercial R$ 5,07 0.92%
Euro R$ 6,02 +0.62%
Peso Argentino R$ 0,05 +0.88%
Bitcoin R$ 191.617,73 +0.662%
Bovespa 128.405,35 pontos +0.27%
ECONOMIA R$ 950 Milhões

Nordeste tem prejuízo de R$ 950 milhões em segundo ano sem São João

Estados realizam projetos para avaliar impacto na economia

06/06/2021 13h29 Atualizada há 2 semanas
Por: Redação Fonte: SBT News
'Maior São João do Mundo' acontece em Campina Grande (Foto: arquivo/Divulgação/Gov-PB)
'Maior São João do Mundo' acontece em Campina Grande (Foto: arquivo/Divulgação/Gov-PB)

Segundo ano sem a celebração do São João gera prejuízo de R$ 1,5 bilhão para o país, informou o Ministério do Turismo. Só o Nordeste perdeu cerca de R$ 950 milhões sem as festas tradicionais. 

Para mitigar os impactos da pandemia, o governo de Pernambuco enviou um projeto de lei à Assembleia Legislativa com uma proposta de auxílio emergencial para os grupos e artistas contratados pelo estado no São João de 2018 ou 2019, com valores que variam de R$3 mil a R$15 mil. 

Na Bahia, a União dos Prefeitos do Estado pediu ajuda à Bahia Tur, a Superintendência de Fomento ao Turismo, para que invista em lives durante o São João deste ano, que são aquelas apresentações on-line.

Já em Campina Grande, na Paraíba, considerado o maior São João do Mundo, a prefeitura vai fazer uma parceria com a iniciativa privada para promover uma "super live" em homenagem a Dominguinhos, com 40 artistas, no próximo 17 de junho, data que marca os oito anos da morte do cantor.

No Distrito Federal, além de transmissões ao vivo e apresentações em teatros, a Liga Independente de Quadrilhas Juninas local busca financiamento para fazer uma festa estilo drive-in, com o público protegido dentro dos carros.

O quadrilheiro Patrese Mendes disse que os grupos estão se reinventando e buscando formas seguras de se apresentar. O integrante da quadrilha Formiga da Roça, que já tem 25 anos de história, defende que a cultura junina deve se manter de alguma forma acesa neste ano. "Essa história tem peso e representa a história do nordeste do país".

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias