Sábado, 08 de Maio de 2021 04:28
Polícia Crime Bárbaro

Suspeito de matar jovem pernambucana, é preso em João Pessoa

O mesmo se encontrava na residência de um amigo, no bairro de Mangabeira II e no local também foi encontrada a moto que teria sido utilizada para transportar o corpo da jovem até o local onde foi encontrado.

28/04/2021 09h07
Por: Redação Fonte: G1
Suspeito de matar jovem pernambucana, é preso em João Pessoa

Na noite desta terça-feira (27), foi preso em João Pessoa o suspeito de matar a jovem Patrícia Roberta, Jonathan Henrique G. dos Santos, de 23 anos. O mesmo se encontrava na residência de um amigo, no bairro de Mangabeira II e no local também foi encontrada a moto que teria sido utilizada para transportar o corpo da jovem até o local onde foi encontrado.

Patrícia Roberta veio de Caruaru e estava em João Pessoa, na casa do suspeito, desde a sexta-feira (23), e desapareceu. Desde o domingo (25) que ela não mantinha contado com a família. Nesta terça-feira, a Polícia Civil e Polícia Militar iniciaram buscas na região de Gramame, onde fica o apartamento do suspeito, e encontrou o corpo da jovem em uma área de mata no Novo Geisel. Jonathan e Patrícia seriam amigos há dez anos.

Um amigo de Jonathan Henrique, identificado apenas por Marcos, também foi preso nesta terça-feira com bilhetes sujos de sangue que estariam ligados ao homicídio de Patrícia Roberta. Com ele foram encontrados alguns bilhetes que ainda serão analisados. A Polícia Militar suspeita, no entanto, que tenham ligação com o crime.

Os dois foram apresentados na Central de Polícia Civil, em João Pessoa, onde permanecem na manhã desta quarta-feira (28) na carceragem.

Entenda o caso

Patrícia Roberta morava em Caruaru e há dez anos era amiga de Jonathan. Ela tinha viajado a João Pessoa na sexta-feira (23) e se hospedado na própria residência do amigo, mas desde domingo (25) não respondia mais as mensagens da mãe. Na tarde desta terça-feira (27), o seu corpo foi encontrado.

Segundo o tenente-coronel Barros, o corpo foi encontrado pela Polícia Militar às 14h15, amarrado em um plástico, totalmente coberto, numa área de mata do conjunto Novo Geisel. O corpo será examinado pela perícia, mas um parente foi até o local e identificou Patrícia por uma tatuagem.

Na madrugada desta terça-feira (27), vizinhos de Jonathan viram o jovem sair do prédio em que mora com um tonel de lixo em um carrinho de mão. Um dos vizinhos seguiu o rapaz e disse ter visto um corpo dentro do tonel.

Imagens do circuito de segurança de prédios da área também mostraram Jonathan saindo de motocicleta com algo preso ao veículo. A polícia acredita que seria um corpo.

Mais tarde, a Polícia Civil da Paraíba emitiu um alerta pedindo informações à população que resultem na prisão de Jonathan. O pedido é para que a população ligue gratuitamente para o número 197 caso tenha alguma pista sobre a localização do suspeito. As pessoas não precisam se identificar para fazer a denúncia.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias