Caso Mariana Thomaz: desembargador vota por aumentar pena de Johannes Dudeck

Junto com a condenação por estupro, a pena total de prisão para Johannes chega a 34 anos e seis meses.

10/07/2024 às 16h59 Atualizada em 10/07/2024 às 21h06
Por: Redação JKR Fonte: Portal Correio
Compartilhe:
Caso Mariana Thomaz: desembargador vota por aumentar pena de Johannes Dudeck

 

O desembargador Fred Coutinho, do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), votou por aumentar em dois anos a pena imposta a Johannes Dudeck, acusado pela morte da estudante de Medicina, Mariana Thomaz, em março de 2022.

Continua após a publicidade
Anúncio

Ao justificar o voto, o desembargador afirmou que estava negando o recurso da defesa de Johannes, pedindo a anulação da condenação, e dando provimento ao aumento da pena por homicídio qualificado para 25 anos e seis meses, justificando que houve um erro matemático no cálculo da pena.

Junto com a condenação por estupro, a pena total de prisão para Johannes chega a 34 anos e seis meses.

O julgamento foi suspenso após um pedido de vista do processo, apresentado pelo desembargador Ricardo Vital de Almeida.

Mari, PB
23°
Tempo nublado

Mín. 18° Máx. 27°

23° Sensação
6.4km/h Vento
75% Umidade
100% (1.18mm) Chance de chuva
05h34 Nascer do sol
05h19 Pôr do sol
Dom 27° 18°
Seg 27° 19°
Ter 27° 19°
Qua 26° 19°
Qui 27° 18°
Atualizado às 17h03
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,00%
Euro
R$ 5,93 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,05%
Bitcoin
R$ 339,057,03 +2,28%
Ibovespa
128,896,98 pts 0.47%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias