Cidades EM CABEDELO/PB

Vitor Hugo assina decreto que reconhece atividades religiosas como serviço essencial, em Cabedelo

O decreto, entretanto, devém respeitar algumas regras sanitárias – medição de temperatura na entrada , disponibilizar álcool em gel, distanciamento de dois metros e limitar 30% da presença de fiéis nos templos religiosos.

03/03/2021 13h08
Por: Redação JKR Notícias Fonte: PORTAL LITORAL PB
Prefeito De Cabedelo, Vitor Hugo (DEM), Durante Reunião Com Lideres Religiosos Na Cidade — Foto: Reprodução/Instagram
Prefeito De Cabedelo, Vitor Hugo (DEM), Durante Reunião Com Lideres Religiosos Na Cidade — Foto: Reprodução/Instagram

O prefeito de Cabedelo, Vitor Hugo (DEM), assinou um decreto que reconhece as atividades religiosas na cidade como serviço essencial, permitindo a realização de missas e cultos.                       

O decreto, entretanto, devém respeitar algumas regras sanitárias – medição de temperatura na entrada , disponibilizar álcool em gel, distanciamento de dois metros e  limitar  30% da presença de fiéis nos templos religiosos.

O gestor recentemente proclamou a população para fazer um jejum no dia 15 de março em uma espécie de guerra espiritual no combate ao covid-19 na Paraíba. “Gostaria de fazer um pedido a vocês. Para que no dia 15 de março todos juntos possam jejuar. Fazer um jejum em prol da guerra espiritual contra a covid”, disse o prefeito no vídeo que foi publicado em sua rede social.

O município de Cabedelo tem 5.445  novos casos confirmados de contaminação pelo coronavírus, segundo informações do site de transparência da prefeitura divulgadas nesta terça-feira (2). O número de mortes por Covid-19 são 102 na cidade desde o início da pandemia. São 14.316 casos confirmados e 4130 curados na última atualização do boletim diário.

A Paraíba bateu recorde pelo segundo dia consecutivo de mortes por Covid-19.

Veja decreto:

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias