Polícia encontra carro usado para executar PM e roupas sujas de sangue

single-image

A Polícia Civil encontrou, na manhã deste domingo (06), o veículo que foi utilizado pelos suspeitos de matar o policial militar na noite desse sábado (05). Além do carro, foram encontradas peças de roupa que podem ajudar na identificação dos envolvidos.

O carro, do modelo Onix, foi encontrado no Planalto de Boa Esperança, em João Pessoa. Ele foi incendiado pelos criminosos. De acordo com o delegado Ademir Fernandes, a Polícia Civil levanta informações sobre o carro, que passará por perícias para saber se foi clonado.

Para o delegado, a morte do PM Túlio Barros Godoi Calado foi uma execução. “Pela maneira que foi, ele era o alvo do crime, resta saber as razões. Não é comum o alvo ser um policial para fazer a execução da maneira que foi feita”, explicou à TV Tambaú.

Apesar do veículo ter sido incendiado, o perito Rodrigo Farias afirmou à TV Tambaú que será possível coletar informações que ajudem a elucidar o crime e identificar os suspeitos. “Apesar da destruição, ainda há vestígios que passarão por um exame pericial, e outras informações vão ser extraídas”, detalhou.

As roupas encontradas possuíam perfurações de projeteis de arma de fogo, bonés e indícios de sangue. As peças devem servir para coletar vestígios biológicos e levantar os suspeitos.

JKR NOTÍCIAS / Portal T5

 

Facebook Comments