Pizzaria
Web Rádio Cidade Jovem
Rede Sociais

Instagram vai proibir compra de curtidas e seguidores

A nova política visa proteger os negócios firmados na rede social.

27/11/2018 06h27
Por: Jackson Silva, Portal JKR
Fonte: T5
164

O Instagram tem ganhado cada vez mais relevância no que diz respeito ao mundo das redes sociais, incorporando diversas funcionalidades que fazem aumentar o número de pessoas que o utilizam. Tanto é que, recentemente, o aplicativo atingiu a marca de 1 bilhão de usuários.

 

Contudo, a empresa parece estar tentando impedir uma prática comum entre os perfis: a compra de curtidas e seguidores. Como o Instagram virou uma plataforma de negócios, com companhias pagando por divulgação e anúncios, muita gente se aproveita para comprar engajamento em suas respectivas contas, e então ganhar dinheiro com isso.

 

Conforme um relatório da empresa de segurança Trend Micro, é possível adquirir, por exemplo, 300 mil seguidores no mercado chinês por cerca de R$ 8 mil.

 

A ideia dos donos do app é bastante simples. Serão deletados todos os chamados “robôs” - contas falsas criadas para gerar um aparente engajamento - e todas as curtidas, comentários e seguidores que forem produzidos por eles.

 

Além disso, a nova política diz que as postagens antigas não serão segmentadas retroativamente. Porém, os usuários afetados vão ter necessariamente menores números de interação, o que será inevitavelmente perceptível.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.