Programa
Pizzaria
BALANÇO

Confira a produtividade parlamentar do seu deputado federal em 2019

Conforme publicação do jornalista Edinho Magalhães, do Correio da Paraíba deste domingo (29), percebe-se que os deputados que assumem lideranças na Câmara Federal tem uma produtividade menor referente às atividades de seus próprios gabinetes.

30/12/2019 20h56
Por: Jackson Silva / JKR Notícias
Fonte: Blog do Lenilson Balla

Chegando a mais um encerramento das atividades anuais, o primeiro de uma legislatura composta por 4 anos, fomos conferir o saldo de produtividade em termos de ‘proposituras apresentas’ dos membros da bancada federal paraibana que estão na Câmara dos Deputados. Pelo critério de proposituras – que são projetos ou indicações apresentadas – tivemos o seguinte resultado:

1° Edna Henrique: 168

2° Julian Lemos: 113

3° Frei Anastácio: 105

4° Gervásio Maia: 65

5° Hugo Motta: 57

6° Efraim Filho: 54

7° Wellington Roberto: 53

8° Wilson Santiago: 46

9° Ruy Carneiro: 42

10° Pedro Cunha Lima: 39

11° Damião Feliciano 29

12° Aguinaldo Ribeiro: 20

Conforme publicação do jornalista Edinho Magalhães, do Correio da Paraíba deste domingo (29), percebe-se que os deputados que assumem lideranças na Câmara Federal tem uma produtividade menor referente às atividades de seus próprios gabinetes.

A proporção é inversamente contrária. Justamente devido à nova atividade extraordinária, eles são, inclusive, dispensados de participar de comissões temáticas e de marcar presença no painel eletrônico durante as votações em plenário.

Liderar bancadas ou presidir comissões, como é o caso de Aguinaldo Ribeiro, Líder da Maioria; de Wellington Roberto, líder do PL; de Pedro Cunha Lima, presidente da Comissão de Educação, por exemplo, exige outras funções dos parlamentares que é a de se reunir com o colégio de líderes, escutar os membros da bancada, resolver as questões administrativas da liderança, acompanhar a ordem de todos os projetos da comissão, confirmar as audiências públicas, presidir as sessões de discussão, etc. Tanto é assim que no ranking informado pela coluna, os parlamentares novatos (Edna, Julian, Gervásio e Frei Anastácio) são justamente os que lideram a produtividade de projetos apresentados.

Mas já a partir do ano que vem novos deputados da bancada federal paraibana devem assumir essas funções, como Efraim Filho, recém-eleito para liderar a bancada do DEM na Câmara. O mesmo deve começar a acontecer também com os novatos, que este ano já mostraram a que vieram. Ou alguém duvida de que será apenas uma questão de tempo para figuras como Julian Lemos e Gervásio Maia dominarem suas lideranças em plenário e nas comissões?

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias