Pizzaria
3 anos
Web Rádio Cidade Jovem
NOTA

Governo da PB lamenta falecimento de Lena Guimarães e destaca legado da jornalista

Lena foi vítima de falência múltipla de órgãos, em decorrência de um câncer no pâncreas

18/11/2019 12h24
Por: JACKSON SILVA

A morte da jornalista Lena Guimarães, nesta segunda-feira (18), foi recebida com pesar por várias autoridades políticas. O Governo do Estado da Paraíba lançou nota, lamentando a morte da jornalista. Ela tinha 62 anos e estava internada em um hospital particular, em João Pessoa. Lena foi vítima de falência múltipla de órgãos, em decorrência de um câncer no pâncreas.

Confira nota na íntegra:

O Governo do Estado da Paraíba vem externar profundo pesar pelo falecimento da jornalista Lena Guimarães. Ao tempo em que presta a mais singela e merecida homenagem a uma das jornalistas mais talentosas e respeitadas da Paraíba.

Lena Guimarães foi repórter, redatora e chefe de reportagem do Jornal A União, além de editora dos cadernos de Cultura, Cidades, Economia e Política no jornal Correio da Paraíba. Ela também ocupou o cargo de diretora de jornalismo do Sistema Correio de Comunicação e de secretária de Comunicação do Estado, no governo José Maranhão (2009-2010). A jornalista foi ainda editora-geral do jornal O Momento e repórter regional da Folha de S. Paulo e do Jornal do Brasil. Há alguns anos, mantinha coluna no Correio da Paraíba.

O Governo do Estado expressa ainda o desejo que os amigos e familiares de Lena Guimarães sejam confortados neste momento de perda, e que seu legado possa servir como alento para preencher o espaço deixado pela sua partida.

JKR Notícias com Paraíba já

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.