Web Rádio Cidade Jovem
Pizzaria
Sub-19

Nos pênaltis, Perilima vence Confiança e conquista Paraibano Sub-19

Vice-campeão, o Bicho-Papão ainda pode ser premiado também com uma vaga na Copinha, mas isso ainda não está confirmado.

18/08/2019 09h41
Por: Redação JKR Notícias
Foi sofrido, foi emocionante! E a Águia alçoou seu principal voo até aqui. Na tarde deste sábado, a Perilima fez história e conquistou pela primeira vez o título do Campeonato Paraibano de Futebol Sub-19. A glória veio com uma vitória nos pênaltis sobre o Confiança-PB, no Estádio Tadeuzão, em Sapé, a casa do advesário. Com a conquista, o time de Campina Grande também se credenciou para representar a Paraíba na Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2020. Vai ser a primeira vez do clube na principal competição de base do país. Vice-campeão, o Bicho-Papão ainda pode ser premiado também com uma vaga na Copinha, mas isso ainda não está confirmado.

Depois de vencer o jogo de ida por 1 a 0, a Perilima só precisava do empate para ser campeão de forma direta. E ficou em condições ainda melhores quando, aos 14 minutos do primeiro tempo, Bruno Sapé aproveitou bate-rebate na área do Confiança-PB e abriu o placar. Isso quando o time da casa era melhor em campo. E, depois de algumas boas chances para os dois lados, o Bicho-Papão teve um pênalti em seu favor aos 35 minutos. O artilheiro do time, Pexeiro, foi para a cobrança. Mas mandou no travessão e desperdiçou excelente chance de empatar. Mais tarde, aos 40, novo pênalti para o Confiança-PB. Desta vez Julio Cesar foi bater e converteu: 1 a 1. Esse foi o placar final da primeira etapa, resultado que estava dando o título para a Águia de Campina.

O Confiança-PB voltou para a segunda etapa disposto a conseguir logo o que precisava. E virou o jogo já aos quatro minutos, novamente com Julio Cesar, que cobrou falta e ainda viu a bola desviar na barreira antes de ir morrer nas redes. O problema, para o time da casa, foi que, apenas sete minutos mais tarde, a Perilima empatou novamente: Edgo recebeu cruzamento na área e, de cabeça, venceu o goleiro Darvid. O placar marcava 2 a 2, e a Águia voltava a ficar com a taça na mão. O mesmo Edgo quase virou, mas parou na trave. E, aos 20, João Paulo tabelou com Pexeiro, recebeu de volta e mandou para o gol, colocando o Confiança-PB novamente à frente no placar. Daí para a frente, apesar das tentativas das duas equipes, a rede não balançou mais, o time de Sapé venceu por 3 a 2, e a disputa foi para as penalidades máximas.

Foram nove cobranças para cada lado. O Confiança-PB abriu a sequência, e os dois times converteram nas duas primeiras rodadas: 2 a 2. Até que, na terceira batida, João Paulo mandou para fora e Darvid defendeu a cobrança de Edgo. As duas equipes também converteram suas quartas cobranças, mas, na última rodada, Pexeiro (de novo ele) mandou para fora pelo Bicho-Papão e Élber fez o mesmo pela Perilima. Começariam a partir dali as cobranças alternadas. Ítalo converteu para o Confiança-PB, e Natan para a Perilima. Joeferson marcou para o time da casa, e Lucas Bacelar para o visitante. John e Samuel também foram às redes. Após oito cobranças para cada lado, o placar apontava 6 a 6. Aí foi a vez de Jonas ir fazer a cobrança para o Bicho-Papão. Victor fez a defesa e deixou a decisão nos pés de Ezequias. O camisa 5 da Águia foi para a bola, mandou para as redes e deu o título à Perilima.
 
Portal JKR Notícias / com GEPB
 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.